Total visualizações de páginas, desde Maio 2008 (Fonte: Blogger)

segunda-feira, 29 de abril de 2019

P371 - (CONVÍVIOS) XXXIV ALMOÇO/CONVÍVIO DA CART 3494/BART 3873 EM MONTEMOR-O-VELHO 01 DE JUNHO DE 2019

Extraído do: http://ultramar.terraweb.biz/2019_06_01_CArt3494.htm com a devida vénia (carrega no link)
COMEMORAÇÃO DO 45º ANIVERSÁRIO DO NOSSO REGRESSO (03 DE ABRIL DE 1974)

António Bonito
Chegou a hora da mobilização de todos os Combatentes da CART 3494/BART 3873 se reunirem num Grande Evento, juntamente com suas famílias para participarem no almoço/convívio que terá lugar no dia 01 de Junho de 2019 em Montemor-O-Velho junto ao Castelo.





Maioria do 2º grupo combate

PROGRAMA

(01 de JUNHO de 2019)

09,30 HORAS – CONCENTRAÇÃO NO CASTELO DE MONTEMOR-O-VELHO.

Coordenadas GPS: N 40 10.500' W 008 41.050'  (40.17500, -8.68417)

11,30 HORAS - SAIREMOS EM CARAVANA AUTO ATÉ À CARAPINHEIRA, QUE DISTA CERCA DE 4 KMS ONDE SERÁ SERVIDO UM FANTÁSTICO ALMOÇO NO:

Restaurante: "Encosta de S. Pedro", sito na: 
Rua de São Pedro, Pavilhão Multiusos, 
Carapinheira
3140-093 Montemor-o-Velho

GPS: 40°12'05.8"N 8°38'36.4"W (40.201663, -8.642921)


EMENTA
APERITIVOS, SOPA, CARNE, PEIXE, BEBIDAS, DOÇES, BOLO DE ANIVERSÁRIO ETC.
PREÇO 25,00€, CRIANÇAS DOS 7 AOS 12 ANOS 50%

Agradeço confirmação por: Mensagem, telefonema 963 529 764 ou por E-mail: antonio.bonito@sapo.pt até 24 de Maio. Por favor sem falta.

Um abraço,

António Bonito


Castelo de Montemor-O-Velho
 O Castelo de Montemor-o-Velho localiza-se na Vila, Freguesia e Concelho de mesmo nome, Distrito de Coimbra, em Portugal.
Em posição dominante sobre a vila, na margem direita do rio Mondego, à época junto à sua foz, no contexto da Reconquista cristã da Península Ibérica, constituiu-se em um ponto estratégico na defesa da linha fronteiriça do baixo Mondego, em particular da região de Coimbra. Foi, por essa razão, a principal fortificação da região, à época. Fonte: Wiquipedia

terça-feira, 23 de abril de 2019

P370 - NOTA DE ÓBITO (31): AUGUSTO DE OLIVEIRA MEIRELES, 29 MAIO 1950 A 22 ABRIL 2019 - SOL TRMS DA CART 3494 - GUINÉ DEC 1971/ABR 1974


AUGUSTO DE OLIVEIRA MEIRELES


29 Maio 1950 – 22 Abril 2019



11/06/2016
Xime 1972
SOl. TRMS INF. da CART 3494 - Guiné 18 DEC 1971/03 ABR 1974 - Augusto de Oliveira Meireles desencarnou no dia 22/04/2019. O féretro deste nosso camarada encontra-se em câmara ardente na Capela dos pescadores aposentados de Matosinhos, o funeral realiza-se no dia 24/04/2019 pelas 15,00 horas para o Crematório de Matosinhos. Missa de 7º dia a realizar no dia 30 de Abril de 2019, terça feira, na Igreja de Matosinhos pelas 18,30 horas.





Guiné - Xime 22/05/1972 - esq/drtª: Luis, Castro, Marinho (Fal.), Romão, Meireles (Fal.) e Ramos (Fal.)




P369 - TOMBARAM NA GUINÉ, [CTIG 1963-1974] POR: ACIDENTE, COMBATE E DOENÇA 54 SARGENTOS (Jorge Araújo)


Fontes consultadas [com cruzamento]:

Termino, agradecendo a atenção dispensada.
Com um forte abraço de amizade e votos de muita saúde.
Jorge Araújo.
12ABR2019.

sexta-feira, 12 de abril de 2019

P368 - CONVITE - LANÇAMENTO DO LIVRO "A MINHA GUERRA A PETRÓLEO" DE ANTÓNIO JOSÉ PEREIRA DA COSTA, EX CMDT DA CART 3494, NA ASSOCIAÇÃO 25 DE ABRIL - Rua da Misericórdia 95, 1200-334 Lisboa




António José Pereira da Costa, Cor Artª na reforma, comandou na Guiné a CART 3494/BART 3873 desde Agosto de 1972 até Novembro do mesmo ano, altura em que foi transferido para comandar a CART 3567 em MANSABÁ
O livro pode ser adquirido por 14,00€ aqui: https://www.chiadobooks.com/livraria/a-minha-guerra-a-petroleo


António José Pereira da Costa

António José Pereira da Costa nasceu na Amadora e é coronel de Artilharia reformado, tendo terminado a sua carreira activa, como Director da Biblioteca do Exército, em Dezembro de 2011. Considera que o seu embarque para a Guiné, em Janeiro de 1968, com vinte anos de idade, marca o início da sua vida como operacional. Regressado a Lisboa exactamente um ano depois, volta a embarcar, em Maio de 1971, regressando à então Metrópole, em Agosto de 1973.
Este livro expõe as memórias que guarda de cerca de cinco anos da sua vida de militar profissional, dos quais trinta e oito meses decorreram “no TO daquela PU”. A par disso e passados que foram mais de quarenta anos sobre o fim da guerra, tece considerações acerca do modo como funcionava o País e o Exército, antes do início das hostilidades, e sobre as consequências que advieram do que se passou na Guiné entre 1963 e 1974.
Nos últimos anos da sua carreira profissional e já depois de reformado, tem vindo a realizar trabalhos de investigação no âmbito da História Militar de Portugal, individualmente ou em colaboração. Dessa actividade resultaram livros, conferências e textos dispersos.
Fonte: Chiadobooks

sábado, 6 de abril de 2019

P367 - 222 FURRIÉIS TOMBARAM NO TEATRO DE OPERAÇÕES NA GUINÉ [CTIG] 1963-1974 - Jorge Araújo

MSG com data de: 01ABR2019


Madina Colhido, durante a «Op Boga Destemida», envolvendo 
CART 2520 (1969/70) e CCAÇ 12 (1969/71)
Caríssimo Camarada Sousa de Castro,

Os meus melhores cumprimentos.

Na sequência da publicação dos quadros estatísticos referentes aos camaradas «Alferes» tombados na Guiné, apresentados segundo as causas de morte - acidente - combate - doença, eis agora as listas actualizadas dos camaradas «Furriéis», cuja apresentação segue a ordem anterior.

Com um forte abraço de amizade.

Jorge Araújo.

Fontes consultadas [com cruzamento]:

Termino, agradecendo a atenção dispensada.
Com um forte abraço de amizade e votos de muita saúde.
Jorge Araújo.
01ABR2019.

Consultar Postes: l