Total visualizações de páginas, desde Maio 2008 (Fonte: Blogger)

Calcule seu Peso Ideal
Sexo: M F
Sua altura: m
Segure seu punho com o indicador e o polegar da outra mão. Seus dedos se tocam?
Não Sim, justos Sim, e sobram

quinta-feira, 16 de abril de 2015

P233 - (livros) De: João Gaspar Carrasqueira "CABRA-CEGA" Do seminário para a guerra colonial


"CABRA-CEGA"

É um livro de 578 páginas do meu grande amigo João Gaspar Carrasqueira. Trata da experiência de vida, antes e durante a guerra colonial, do António Aiveca, grande amigo também meu e dele. Ficção ou realidade? Ele explicou-me. Os factos são reais, os ex-comb...

Edição: ©2015, João Gaspar Carrasqueira e Chiado Editora. Chiado Editora.com
E-mail: geral@chiadoeditora.com


APRESENTAÇÃO E LANÇAMENTO DO LIVRO "CABRA-CEGA" SERÁ NA BIBLIOTECA FLORBELA ESPANCA EM MATOSINHOS, NO DIA 03 DE JUNHO DE 2015 PELAS 15, 30 HORAS, CUJO PREÇO DE LANÇAMENTO SERÁ PELA MÓDICA QUANTIA DE 10€.

CONVITE DO NOSSO CAMARADA ANTÓNIO MANUEL ARQUES LOPES, COR. INF. DFA NA REFORMA. GUINÉ, GEBA 1967 E BARRÔ 1968
COMPAREÇAM SE PUDEREM!



 



 →Um cheirinho para aguçar o apetite

→ O livro estará à venda quer nas livrarias tradicionais como também nos grandes grupos comerciais de Lisboa e Porto, poderão ainda adquirir o livro enviando pedido diretamente para o autor para o seguinte endereço:

António Manuel Marques Lopes,

O livro tem um custo de 19,00€ poderão faze-lo por TRF bancária para:
NIB: 0035 0196 0000 8887 1002 2



Pequeno excerto de autoria de Beja Santos publicado no JORNAL DE MONCHIQUE  relacionado com esta obra-prima de João Gaspar Carrasqueira:

É um livro íntimo, com vários biombos, com a simulação de artifícios para dificultar a perceção da realidade. Será que João Gaspar Carrasqueira existe? E, a existir, foi conterrâneo de António Aiveca que deixou estes papéis para publicar e já está na terra da verdade?

Vd. poste: "OS CAMINHOS DE GADAMAEL PORTO" De: Manuel da Silva Fernandes, ex. 1º cabo op. cripto CCAÇ IND. 2796

4 comentários:

Sousa de Castro disse...

Excelente narrativa, onde qualquer um de nós que participou na guerra colonial se revê em muitos aspectos. Eu revejo-me em várias situações.
Aconselho vivamente a adquirir o livro

parabéns ao autor,

A. Castro

Anónimo disse...

Sousa de Castro,

Pela leitura do primeiro parágrafo do texto, cuja imagem anexo, poder-se-á inferir que a pessoa, retratada no livro, já faleceu?
Em caso afirmativo, peço-lhe o favor de me informar qual a data (dia-mês-ano) do óbito.

Antecipadamente grato, aceite os cumprimentos, do
Abreu dos Santos

Sousa de Castro disse...

Caro amigo, não sei se foi combatente ou não, mas se estiver um pouco mais atento, lendo a contra-capa ou até adquirir o livro perceberá o conteúdo da nota prévia, ficção ou realidade?!...
Cumprimentos,

Sousa de Castro

Anónimo disse...

Boa noite, Sousa de Castro,
Grato por me haver confirmado a minha percepção: João Gaspar Carrasqueira, é António Manuel Marques Lopes, é António Aiveca.
Saudações veteranas,
Abreu dos Santos