Total visualizações de páginas, desde Maio 2008 (Fonte: Blogger)

Calcule seu Peso Ideal
Sexo: M F
Sua altura: m
Segure seu punho com o indicador e o polegar da outra mão. Seus dedos se tocam?
Não Sim, justos Sim, e sobram

terça-feira, 12 de novembro de 2013

P192 - O MEU ANIVERSÁRIO [ÚNICO] NA GUINÉ (XIME-BAMBADINCA-MANSAMBO) - 10 de Novembro de [há 40 anos] 1973 (Jorge Araújo)

GUINÉ
Jorge Alves Araújo, ex-Furriel Mil. Op. Esp./RANGER, CART 3494
(Xime-Mansambo, 1972/1974)
O MEU ANIVERSÁRIO [ÚNICO] NA GUINÉ
(XIME-BAMBADINCA-MANSAMBO)

- 10 de Novembro de [há 40 anos] 1973 –



1. Após trezentos e sessenta e cinco dias e ¼, ou doze meses, período a que chamam de “ano civil”, cada ser humano é laureado pela máquina do tempo de origem europeia, um sistema promulgado em 24Fev1582 pelo Papa Gregório XIII (1502-1585), com mais uma “coroa” [unidade] que, somada ao número acumulado no período anterior, perfaz a idade, em anos, que já atingiu, feito que é festejado por familiares e amigos. Em função do determinismo dessa Lei e observada a regra da adição, eis que a partir de hoje conclui mais um ano de idade e iniciei um novo ciclo. Não há volta a dar … nem podemos reclamar.
2. Considerando que a maioria de nós [ex-combatentes] teve de cumprir mais de dois anos de comissão ultramarina, ainda que no início do conflito essa presença obrigatória fosse de dezoito meses, crescendo sucessivamente para vinte e um, vinte e quatro, e no final da guerra quase vinte e oito, é natural que aí tivéssemos de comemorar um ou dois aniversários.
No meu caso, essa efeméride no CTIG apenas se verificou em 1973, sendo, assim, a primeira e única experiência do género, uma vez que no ano anterior, por desejo pessoal definido numa estratégia de gestão do tempo de serviço, ela tivesse acontecido em Lisboa, em ambiente familiar, naquele que foi o primeiro período de férias de trinta e cinco dias [de 24Out a 27Nov1972], [vd post 9802].
Por ausência de outra alternativa mais exequível, quis a divina providência e o calendário gregoriano [ou o meu projecto de vida militar] que o aniversário de 1973 teria de ser celebrado algures entre a Ponte do Rio Udunduma, Missão do Sono, Mansambo ou Bambadinca, os locais por onde circulavam os vários elementos da CART 3494, após a sua transferência para Mansambo, efectuada nos primeiros dias do mês de Março desse ano.
A uma semana do evento, e sabendo eu onde estaria nesse dia 10Nov1973, sábado, elaborei o projecto que passava por organizar um jantar comemorativo a ter lugar na Messe de Sargentos da CCS do BART 3873, unidade sedeada em Bambadinca.
Para o efeito, analisei essa possibilidade com o camarada Furriel vagomestre e, em conjunto, organizámos a logística para a confecção de um «menu de muitas estrelas» … mais de trinta [ver fotogaleria]. Adquiri os géneros necessários e, ainda, um leitão na tabanca de Bambadinca [com +/- 15 kgs].
Durante o jantar, para o qual tinham sido convocados todos os membros disponíveis da família formada em regime de «união de facto», pois era esse o contexto, foi servido um suculento repasto de «Leitão à Bairrada à moda de Bambadinca» em traje de gala [a da metrópole], bem cheirosos e com barba [des]feita, condição sine qua non para os que não estavam de serviço.
Dito isto … mais palavras para quê?
Basta ver as imagens. Elas espelham o ambiente vivido e a grande satisfação que me deu em proporcionar este convívio – o possível. Foi bom para mim … e para todos, pois foi um dia [noite] diferente.
Assim sendo, e caso algum dos camaradas, membro da nossa «Tabanca Grande», tenha participado neste convívio faça o favor de dar sinais de vida, comentando/ recordando esses momentos que estão [já!] a uma distância temporal de quatro décadas. Mas, se não for ou não tenha participado nele também pode/deve fazê-lo.
Para mim, foi óptimo rever estas imagens e um prazer enorme escrever este texto.
Aguardo! 

FOTOGALERIA:
Foto 1 – Bambadinca, messe de Sargentos (10Nov1973) – de trás para a frente, da esquerda para a direita, os furriéis: 1.ª linha: [nome que não recordo] – Russa – Carrasqueiro e Araújo [3494]; 2.ª linha: Monteiro [cozinheiro] – Jorge – Marques – Catarino – Carvalhido – Costa – Soares – Adérito – Laranjeira – Guimarães – Forja – Ferreira [3494] e Veríssimo; 3.ª linha: Mesquita [cozinheiro] – Pinho – Pachão – Faia – Rosado [1.º Sarg.] – Nunes – Costa [35ª CCmds] – Jesus [3494] – Bonito [3494] e Marques; 4.ª linha: Leite [1.º Sarg.] – Martins – Sousa [fur.enfº].  

Foto 2 – Bambadinca, messe de Sargentos (10Nov1973) – da esquerda para a direita: furriéis: Adérito [CCS] – Costa [35ª CCmds] – Araújo [3494] – Bonito [3494], aguardando o «Leitão à Bairrada …», servido por Mesquita.

Foto 3 – Bambadinca, messe de Sargentos (10Nov1973) – da esquerda para a direita: Rosado (1.º Sarg.) – nome que não recordo – Carrasqueiro – Adérito – Costa – Araújo [3494] – Bonito [3494].

Foto 4 – Bambadinca, messe de Sargentos (10Nov1973) – da esquerda para a direita: Adérito – Costa – Araújo [3494] – Bonito [3494] – Jesus [3494] – Laranjeira [CCS] – Vítor, de pé – Carvalhido, de costas [CCS].

Foto 5 – Bambadinca, messe de Sargentos (10Nov1973) – da esquerda para a direita, de frente para a câmara: Araújo (eu, de pé) [3494] – Marques – Soares – Mesquita, de pé – Guimarães – Forja – Leite – Costa – Pachão – Rosado – Costa – Bonito [3494] – Carvalhido – Ferreira [3494] – Veríssimo. 

Foto 6 – Bambadinca, messe de Sargentos (10Nov1973) – Idem.
Obrigado.
Um forte abraço, com votos de muita saúde e boa disposição.
Jorge Araújo.
10Nov2013.

2 comentários:

Anónimo disse...

Obrigado pelo texto!...
Devo dizer que eu comemorei por duas vezes os 22 no Xime e 23 anos em Mansambo. por outro lado quero dizer-te que um leitão com +- 15 Kg!... já não era leitão mas sim um porquinho! rsrsrs, com 15 Kg não é 1, mas sim 2 leitões.

Um abraço,
Manda sempre
De Castro

Anónimo disse...

Obrigado Jorge. Só tinha conhecimento de 1 foto.Fiquei feliz e acredita. Fique muito emocionado . Um abraço,
António Bonito