Total visualizações de páginas, desde Maio 2008 (Fonte: Blogger)

Calcule seu Peso Ideal
Sexo: M F
Sua altura: m
Segure seu punho com o indicador e o polegar da outra mão. Seus dedos se tocam?
Não Sim, justos Sim, e sobram

quarta-feira, 17 de março de 2010

P-57 ACTIVIDADE DA CART 3494 DO BART 3873 NO TEATRO DE O. P. GUINÉ (3)




Este texto foi elaborado a partir do livro: - BART 3873
“HISTÓRIA DA UNIDADE”
CART 3492 – CART 3493 – CART 3494
NA GUERRA CONSTRUINDO A PAZ
(autor desconhecido)


2º FASCÍCULO

MAIO 1972

12. SITUAÇÃO GERAL

- A actividade do IN não se incrementou. O próprio Aquartelamento do XIME não sofreu ataques ou flagelações o que indica retorno a uma relativa tranquilidade.
Sobre a população por nós controlada não se registou alteração, ou seja, persiste colaborante. Na dominada pelo P.A.I.G.C. ela continua a ser alvo de uma forte doutrinação e mentalização políticas em MINA e GALO-CORUBAL, porém é admissível a fragmentação da unidade população/Partido.
A intenção do inimigo crê-se que devem ser coincidentes com a do trimestre pretérito.

 13. TERRENO
- As modificações continuam a ser as provenientes da capinagem, desmatação e queimadas para protecção das NT tanto ofensiva como defensivamente.
Note-se que os habitantes das tabancas procedem igualmente para benefício de si mesmos.

14. INIMIGO

a) Sub-Sector do XIME
- De harmonia com a correspondência retirada a MÁRIO MENDES (aniquilado pela CCAÇ12), o IN planeava nova acção na estrada XIME-BAMBADINCA, o que nos leva a concluir que no futuro acções deste teor venham a ser cometidas, pois que a suceder seria a segunda vez no espaço de 02 meses.

b) Conclusões
- Denotou-se um recrudescimento da actividade guerrilheira no tocante à colocação de minas, o prolongamento da sua actividade no Sub-Sector de BAMBADINCA e o aspecto saliente do pressionamento gorado do tráfego entre XIME-BAMBADINCA.

15. NOSSAS TROPAS

a) Acções e Operações mais importantes
- Para além dos patrulhamentos habituais, emboscadas nocturnas, seguranças descontínuas, picagens de itinerários etc., não houve neste mês nenhuma operação relevante em que a CART 3494 estivesse envolvida.

3º FASCÍCULO

JUNHO 1972

16. SITUAÇÂO GERAL

-A flagelação do XIME e o ataque de AMADALAI confirmam a vontade do IN obstar o tráfego da estrada XIME-BAMBADINCA.
Enquanto isso, a tentativa frustrada de golpe de mão ao Aquartelamento do XITOLE comprovam, porventura, maior agressividade da guerrilha.
De resto a situação manteve-se nos moldes constantes do período anterior.

17. TERRENO

- Assinala-se o início da estação das «chuvas» e a transformação da natureza como consequência adveniente.

18. INIMIGO

a) Sub-Sector do XIME
- A Auto-Defesa de AMEDALAI foi atacada durante 05 minutos sem resultados.
Em 26JUN72, pelas 20,30 horas o Quartel e a Tabanca do XIME, em repetição do que se disse na primeira alínea, foram uma vez mais flagelados e desta feita igualmente sem consequências para a população e nossas tropas.
Nota do Editor: No ponto atrás referido, tenho anotado num livrinho, que neste dia pelas 20,15 Horas, houve tentativa de golpe de mão junto ao arame farpado tendo a Artilharia reagido eficazmente, provocando ao IN 16 mortos e 04 feridos. Sem consequências para as nossas forças.

b) Conclusões
- O XIME não escapou à regularidade de figurar como objectivo número 1 do P.A.I.G.C. em todo sector L1 o que explica pela posição estratégica ocupada pelo citado Aquartelamento.
A ineficácia das iniciativas adversárias continua a ser praticamente norma.
A sede do BART 3873, decorridos já 05 meses, não teve qualquer ataque ou flagelação o que se percebe pelo cordão protector que a rodeia a dificultar, ou a impedir mesmo, a retirada da força atacante.

19. NOSSAS TROPAS

a) Acções e Operações mais importantes
- Acção «GARO3» com patrulhamento e emboscada por 03 GRCOMB da CART 3494 e apoio de Heli-Canhão. Desencadeou-se na área entre MADINA COLHIDO e GUDAGUÉ BEAFADA sem ter visto ou sentido o IN.
- Acção «GUARDEAR 1» a 03 GRCOMB da CART 3493, 02 GRCOMB da CART 3494, PEL’S MIL 241, 242, e 243, GEMIL’S 309 e 310, 04 GRCOMB da CCAÇ 12, PEL REC DAIMLER 3085, 01 PEL da CCS/BART 3873, PEL’S CAÇ NAT 52, 54 e 63 e PEL MIL 201, a fim de estabelecer a segurança afastada a BAMBADINCA, aquando da visita de SUA EXA O GOVERNADOR E COMANDANTE-CHEFE. Servia de apoio aéreo 01 Heli-Canhão. 
Não houve contactos nem se observaram vestígios inimigos.

- Operação «ACHA CAMINHO» de 30 de Maio a 02 de Junho, a 03 GRCOMB da CCAÇ 12 e 02 GRCOMB da CART 3494 os quais realizaram patrulhamentos e emboscadas na região entre TAIBATÁ-CHICAMEL-GUNDAGUÉ FUTA-FULA e GUNDAGUÉ BEAFADA. O apoio aéreo esteve a cargo de 01 Heli-Canhão, não se registando consequências.
Uma emboscada empreendida pelo PEL CAÇ NAT 63 na estrada FINETE-MISSIRÁ provocou ao inimigo 01 morto, 01 ferido e 01 prisioneiro.

b) Conclusões
Sublinha-se a ausência de contactos com a guerrilha, bem como a sua inactividade no tocante às nossas colunas de reabastecimento, ao invés do que seria de esperar neste domínio da logística.

(continua)

Sem comentários: