Total visualizações de páginas, desde Maio 2008 (Fonte: Blogger)

Calcule seu Peso Ideal
Sexo: M F
Sua altura: m
Segure seu punho com o indicador e o polegar da outra mão. Seus dedos se tocam?
Não Sim, justos Sim, e sobram

segunda-feira, 13 de junho de 2011

P-111 - «Spínola estava feito com o pessoal do PAIGC» (Diário de Notícias,1998ABR04)


Nota: Clique nas imagens para ampliar.

3 comentários:

Anónimo disse...

Luís Borrega.
Pessoalmente não acredito...
há 21 horas

Anónimo disse...

Francisco Palma,
Nem pensar , jogou foi com a psico da incorporação de tropas nativas e quebrar a força e intervenção da população , uma boa estratégia ao dar-lhes de comer.

Anónimo disse...

João Pereira da Costa,

Este Carlos Fernandes tem coisas publicadas no blogue do Graça. Tem um contencioso narrativo com o António de Copá.
Daí tudo o que afirma e em jornal diário e oficial seria a arriscar muito se não falasse verdade.
Pertenceu ao Grupo do Marcelino da Mata «os Vingadores». É verdade e teve algumas atitudes menos agradáveis com o tratamento de prisioneiros.
Já li vários livros sobre o Spínola. É verdade que havia contacto com Senghor para acabar a guerra. O slogan «Por uma Guiné Melhor» pode deixar entender que Spínola pretenderia um neo-colonianismo (sou eu a pensar).
Só estranho não existir ninguém que corrobore ou negue estas afirmações, pois oficiais de confiança de Spínola acompanhavam-no nestas deslocações e são pessoas ainda vivas e que conhecemos.
Palma a incorporação das tropas nativas teve como consequência o filão de malta em idade para a guerra em Portugal não ser em número suficiente e estar esgotado.
A quantidade de batalhões que seriam necessários para o esforço de guerra na Guiné era elevado. Daí optar-se por esta incorporação. Para além disso pretendia-se que as tropas africanas milícias e as companhias mais tarde constituídas, fossem por etnias e colocadas nas regiões donde eram oriundas. Desta forma viam-se envolvidos e obrigados a defender a sua gente.
Os reordenamentos e os benefícios das populações. Tudo isto foi uma estratégia que se foi alterando à medida que a gravidade da guerra e o seu sentido se caminhava para uma catástrofe.
Se leres o livro do Spinola encontrarás muito em que pensar.