Total visualizações de páginas, desde Maio 2008 (Fonte: Blogger)

Calcule seu Peso Ideal
Sexo: M F
Sua altura: m
Segure seu punho com o indicador e o polegar da outra mão. Seus dedos se tocam?
Não Sim, justos Sim, e sobram

segunda-feira, 21 de julho de 2014

P208 - HISTÓRICO DOS ENCONTROS/CONVÍVIOS DA CART 3494 (XIME-MANSAMBO) - Do mais recente ao mais antigo – Parte II - Por: Jorge Araújo


Caríssimo Camarada Sousa de Castro
Os meus melhores cumprimentos.
Eis mais uma peça, a segunda, do Histórico dos Encontros Anuais da nossa Companhia. Trata-se de uma resenha que considero curta, uma vez que ela caracteriza tão só e apenas os dados a partir das informações documentais que disponho e que, por esse facto, ficam aquém do desejável.
Porém, para além desta perspectiva, os meus textos estarão sempre preparados para receber novos contributos de quem tiver mais elementos que julgue importante partilhar, uma vez que cada um de nós sabe coisas diferentes e relevantes, consequência da sua integração e/ou participação ter ocorrido ao longo dos anos.
Por outro lado, à medida que vamos recuando no tempo, há cada vez menos dados factuais, por extravio ou destruição dos originais, ficando apenas alguns registos gravados na memória. Daí ser necessário passá-los ao papel e divulgá-los na nossa rede de contactos. Não deixem para amanhã o que podem fazer agora…    
A história é sempre um processo em aberto… logo incompleto e inacabado.
Mãos-à-obra… e até à próxima.
Um forte abraço.
Jorge Araújo.
19Jul2014.



GUINÉ

Jorge Alves Araújo, ex-Furriel Mil. Op. Esp./RANGER, CART 3494

(Xime-Mansambo, 1972/1974)

HISTÓRICO DOS ENCONTROS/CONVÍVIOS DA CART 3494

(XIME-MANSAMBO)

- Do mais recente ao mais antigo – Parte II -
IINTRODUÇÃO
Na anterior narrativa, a primeira sobre este tema, procurámos dar conta dos antecedentes históricos apurados na nossa investigação, sobre o modo como se operacionalizou o processo tendente à reorganização das/dos tropas da CART 3494 no período subsequente à sua chegada a Lisboa, em Abril’1974, após concluída a sua missão ultramarina no CTIGuiné [vd P207]. Só doze anos depois daquela data ocorreu o tão ansiado reencontro, ainda que com reduzida participação. Este facto, considerado relevante para os pioneiros, permitiu reforçar a acção de localização da maioria dos ex-militares, alargando as redes de pesquisa e abrindo novos canais de comunicação e mobilização colectiva. Daí que o 1.º almoço/convívio dos ex-militares constituintes da CART 3494, realizado em 14 de Junho de 1986, em Aver-o-Mar [Póvoa de Varzim], acabaria por ser o embrião daquele que, desde então, se transformou num hábito ou tradição – o Encontro Anual – a ter lugar em várias localidades do País.
IIOS ENCONTROS MAIS RECENTES
- DO 29.º [2014] AO 24.º [2009]
Também na anterior narrativa fizemos referência à metodologia a utilizar na apresentação historiográfica dos nossos Encontros, estabelecendo-se uma cronologia decrescente [do mais recente ao mais antigo], no sentido de nos permitir recuperar, no intervalo entre cada texto, o maior número de elementos documentais e imagens dispersas pelos organizadores e participantes de cada evento. Assim sendo, os primeiros Encontros, já referidos anteriormente, foram os seguintes: «XXIX» [São Pedro de Moel (Marinha Grande), em 7Jun2014]; «XXVIII» [Sobrosa/Paredes (Felgueiras), em 15Jun2013]; «XXVII» [Barreiras (Ponte de Sor), em 9Jun2012]; «XXVI» [Seia, em 11Jun2011]; «XXV» [Lordelo (Guimarães), em 12Jun2010] e «XXIV» [Santa Catarina (Vagos), em 13Jun2009]. Em função da opção tomada quanto à metodologia a utilizar [das referências mais recentes às mais antigas], esta segunda narrativa iniciar-se-á pelo Encontro de 2008 [23.º] para o mais antigo, que neste caso será o de 2002 [17.º], conforme se indica no quadro abaixo. Este procedimento continuará a ser seguido nos próximos resumos.
IIIHISTÓRICO DOS ENCONTROS (continuação)
- DO 23.º [2008] AO 17.º [2002]
 
A Comissão Organizadora deste Encontro - de um só elemento - foi nomeada a 9Jun2007, em Telões (Amarante), sendo a responsabilidade atribuída ao camarada Jorge A. Araújo [ex-Fur. Op.Esp.; de Lisboa], repetindo, assim, igual desempenho assumido em 1997 [12.º]. O presente Encontro/Convívio, agendado para o dia 7 de Junho de 2008, teve a particularidade de se ter iniciado com a concentração nos espaços envolventes do Santuário Nacional de Cristo Rei, vulgo Monumento a Cristo Rei.
A partir deste monumento inaugurado em 17Mai1959 [portanto, há cinquenta e cinco anos], da autoria do madeirense [Mestre] Francisco Franco de Sousa (1885-1955), e considerado ex-líbris da Cidade de Almada, permitiu-nos, ainda, concretizar dois objectivos principais contemplados no programa social:
1.º - Como mais-valia de uma deslocação a Lisboa que, para muitos, não acontece todos os dias, fazendo incluir uma visita ao Cristo Rei, uma vez que este monumento faz parte do itinerário das principais atracções turísticas desta região, sendo considerada a maior do Município de Almada, exceptuando, por razões diferentes, as praias da Costa da Caparica.
2.º - Como elemento simbólico da historiografia da CART 3494 e do BART 3873, ao aproveitar-se aquele local como o melhor miradouro com vista para a Cidade de Lisboa, incluindo o espelho de água do Rio e a «Ponte 25 de Abril». Deste ponto estratégico, com cento e treze metros de altura em relação ao Tejo, foi possível avistar, na margem direita, o Cais de Alcântara, recordando deste modo, trinta e sete anos depois [+/-], aquele dia memorável de 22Dez1971, data em que o contingente militar formado no Regimento de Artilharia Pesada n.º 2 [RAP 2], em Vila Nova de Gaia [Serra do Pilar], com a sua CCS e mais três companhias operacionais: 3872; 3873 e 3874 [a nossa, com destino ao Xime], se despediu dos seus familiares e amigos, zarpando à Guiné [Bissau] a bordo do N/M «Niassa». Nesta viagem seguiu também a Companhia Independente de Artilharia 3521 formada durante o mesmo período no RAP 2 [Unidade Mobilizadora].
Antes da deslocação para o Restaurante do Hotel da Costa da Caparica, onde decorreu o repasto, foi possível, graças à disponibilidade e apoio da Câmara Municipal de Almada, na pessoa do Eng.º António Matos, Vereador do Pelouro de Desenvolvimento Social, participar numa visita guiada ao Museu da Cidade com a supervisão teórica de Técnicos dos Serviços do Museu. Antecedendo a visita ao Museu da Cidade, onde estava patente uma exposição relacionada com a história sobre as origens e o processo de construção do monumento a Cristo Rei [1949-1959], e que alguns minutos antes tinha servido de local de concentração da comitiva, fomos recebidos pelo Senhor Vereador Eng.º António Matos que, em seu nome e em nome do executivo autárquico, dirigiu uma saudação amiga de boas vindas aos ex-combatentes e a seus familiares ali presentes. No final das intervenções fomos convidados a tomar um café reforçado com um buffet de pastelaria [vd P184]
  O organizador escreveu no programa de apresentação do evento o seguinte:
Caros amigos, antes de mais recebam os meus melhores cumprimentos. Mantendo-se a tradição de juntar anualmente todos aqueles que, num período importante das nossas vidas, e num contexto adverso, soubemos construir laços de amizade e de solidariedade que, certamente, nos acompanharão ao longo dos anos. Com efeito, e por decisão tomada no decorrer do último convívio realizado em Amarante, fui de novo indigitado para organizar o Encontro de 2008, o que farei com todo o prazer. Este terá lugar a sul do Tejo, em data a indicar oportunamente.
- Fotos de Família -

  A Comissão Organizadora deste Encontro, igualmente de um só elemento, foi nomeada em 10Jun2006, no Regimento de Artilharia Pesada n.º 2 [RAP 2], na Serra do Pilar (Vila Nova de Gaia), local da realização do encontro anterior [21.º]. A sua organização foi assumida pelo camarada J. C. Mendes Pinto [x-Fur. S.Mat.; de Amarante].  Como data para a sua realização foi escolhido o dia 9 de Junho, sábado, e seleccionado o serviço gastronómico do Restaurante “Grelha”, sito em recta de Ramos, Telões (Amarante). O organizador referiu, na sua mensagem expressa no programa, o seguinte:
Colega. Cumprindo a tradição, mais uma vez vamos comemorar a nossa união para além da “guerra”. Assim, imbuídos deste espírito vamos confraternizar no dia 9 de Junho, na
linda Cidade de Amarante. Na expectativa de poder contar com a vossa participação expressiva, fico a aguardar as inscrições, que devem ser registadas neste mesmo prospecto. Mais informo que, por razões logísticas, a inscrição deve-me ser remetida impreterivelmente até ao dia 20 de Maio. Sem outro assunto de momento, e disponível para qualquer esclarecimento adicional, despeço-me apresentando os meus melhores cumprimentos. A Concentração será no Parque Florestal de Amarante (junto às Piscinas Municipais), seguida de visita à zona histórica de Amarante.
  - Foto de Família -
A reportagem fotográfica deste evento foi entregue, em devido tempo, a um profissional da região que, independentemente de ter realizado o trabalho, acabou por nunca o ter apresentado à organização. O camarada Mendes Pinto, na sequência das várias tentativas que fez para o localizar, mas sem sucesso, admitiu a possibilidade do referido profissional se ter ausentado para o estrangeiro.
Ainda assim, apresentamos o único apontamento disponível com ele relacionado, gravado no exterior do Convento de São Gonçalo implantado no Centro Histórico de Amarante, junto à ponte sobre o Rio Tâmega, mandado erguer no reinado de D. João III (1502-1557), e que tivemos a oportunidade de o visitar.

A Comissão Organizadora deste Encontro foi nomeada a 11Jun2005, em Pataias (Alcobaça), sendo constituída pela dupla de camaradas: Luís C. Domingues [ex-Fur. Trms.; de Gondomar] e José Vilela Peixoto [ex-Fur. Art.; de Rio Tinto, Gondomar]. Este Encontro/Convívio teve a particularidade de ter coincidido com a comemoração do 31.º Aniversário da chegada do contingente a Lisboa [1974-2005]. Para a sua realização foi escolhida a cidade de Vila Nova de Gaia, e o local do convívio a Unidade Mobilizadora do contingente continental com destino à Guiné – o RAP 2.
Na sua mensagem de apresentação os organizadores escreveram:
Caríssimo Amigo.
Uma vez mais nos iremos reunir em almoço de confraternização, o vigésimo primeiro desde 1974. Será no dia 10 de Junho, na Serra do Pilar, em Vila Nova de Gaia, no, para nós, RAP 2. Para a maioria de nós será como que um regresso às origens, pois foi lá que nos vimos pela primeira vez e que, com emoções indiscritíveis, nos começamos a conhecer enquanto “formávamos” Batalhão nos idos tempos de 1971. Desejamos que, também por este atractivo, este encontro motive um maior número de participantes. Do programa consta uma missa pelos nossos saudosos camaradas de armas falecidos, uma patrulha de “reconhecimento” ao quartel, o descerramento de uma lápide que perpetue esta nossa vivência e o almoço convívio. Não temos os contactos de todos, por isso te pedimos que te certifiques junto daqueles de quem tens forma de contactar da sua vinda. O almoço é “Rancho”. [vd. P14].
- Fotos de Família -



A Comissão Organizadora deste Encontro foi nomeada a 05Jun2004, em Santa Catarina (Vagos), sendo constituída pelo trio de camaradas que concretizou o última reunião/convívio em São Pedro de Moel [2014], a saber: António Serradas Pereira [ex-Alf. Art.; de Leiria], Gregório Santos [ex-Sold.; da Batalha] e Francisco Pereira [ex-1.ºC.; de Pataias].
Para a sua realização foi escolhida a localidade de Pataias, uma Freguesia do Município de Alcobaça, Distrito de Leiria, e o dia 11 de Junho, sábado, como data do almoço comemorativo dos 20 anos de convívios anuais.
- Foto de Família -
Nota: Por falta de outros elementos documentais, não nos é possível acrescentar algo mais.
A Comissão Organizadora deste Encontro foi nomeada a 7Jun2003, em Vila Fria (Viana do Castelo), sendo constituída pelo trio de camaradas que organizou o convívio de 2009 [24.º], a saber: Manuel Óscar Almeida [ex-Sold.; de Santa Catarina, Vagos], Manuel Silva Gomes (Anadia), [ex-Sold.; de Sangalhos, Anadia] e Licínio Almeida Pereira [ex-Sold.; de Bom Sucesso, Quiaios].
Para a sua realização foi escolhida a localidade de Santa Catarina, uma Freguesia do Município de Vagos, Distrito de Aveiro, e o dia 5 de Junho, sábado, como data do almoço/convívio.
- Foto de Família -
Nota: Por falta de outros elementos documentais, não nos é possível acrescentar algo mais.

A Comissão Organizadora deste Encontro foi nomeada a 8Jun2002, em Miramar (Espinho), sendo constituída por outro trio de camaradas, a saber: António Sousa Castro
[ex-1.ºC. Radiotelegrafista; de Viana do Castelo], João Domingos Machado [ex-1.ºC Cozinheiro; da Póvoa de Varzim] e Manuel da Cruz Ramos [ex-1.ºC apontador de morteiro, da Póvoa de Varzim]. De referir, a propósito do nosso camarada Manuel Ramos, que este faleceu em 22Nov2012 [vd P164].
Para a sua realização foi escolhida a localidade de Vila Fria, uma Freguesia do Município de Viana do Castelo, e o dia 7 de Junho, sábado, como data do almoço/convívio. A concentração teve lugar no Monteiro de Santa Luzia, realizando-se o encontro gastronómico no Salão de Festas “O Sucateiro”, em Vila Fria [vd P121].
- Fotos de Família -




A Comissão Organizadora deste Encontro foi nomeada a 9Jun2001, em Penha (Guimarães), sendo constituída por uma dupla de camaradas: o Manuel G Ferreira [ex-Sold. Condutor, de Espinho] e o Alcindo P. Silva [ex-1.ºC. Enfermeiro, de Custóias, Matosinhos].


Para a sua realização foi escolhida a localidade de Miramar, uma Freguesia do Município de Matosinhos, e o dia 8 de Junho, sábado, como data do almoço/convívio.
- Foto de Família -
Nota: Por falta de outros elementos documentais, não nos é possível acrescentar algo mais.
IVHISTÓRICO DOS ENCONTROS/CONVÍVIOS DA CART 3494
- DO 16.º [2001] AO 10.º [1995]
No quadro seguinte identificam-se mais sete Encontros/Convívios organizados cronologicamente entre os anos de 2001 e 1995, e que, no seu conjunto, correspondem ao conteúdo a abordar em nova narrativa histórica a publicar proximamente – Parte III – sobre este tema.
Tal como referimos anteriormente, os camaradas que estiveram envolvidos na organização de algum deles, e que tenham fotos ainda não divulgadas neste blogue, façam o favor de as enviar, via e-mail.
Obrigado pela atenção.
Fico a aguardar as V. notícias.
Um forte abraço com votos de muita saúde.
Jorge Araújo.
19Jul2014.

Sem comentários: