Total visualizações de páginas, desde Maio 2008 (Fonte: Blogger)

Calcule seu Peso Ideal
Sexo: M F
Sua altura: m
Segure seu punho com o indicador e o polegar da outra mão. Seus dedos se tocam?
Não Sim, justos Sim, e sobram

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

P213 - HISTÓRICO DOS ENCONTROS ANUAIS DA CART 3494 - PARTE III (Jorge Araújo)

Caríssimo Camarada Sousa de Castro
Os meus melhores cumprimentos.
Cumprindo o objectivo expresso na formulação do presente projecto temático, serve o presente para juntar a terceira parte do Histórico dos Encontros Anuais da nossa Companhia, esta referente aos anos de 1995 [10.º] a 2001 [16.º].
Tal como referi anteriormente, trata-se de uma resenha que considero curta, uma vez que para a sua elaboração apenas foram consideradas as informações documentais que disponho e que, por esse facto, ficam amputadas de outras quiçá mais importantes. No entanto, estes textos podem [sempre] receber novos contributos de quem tiver mais elementos que julgue importante partilhar, uma vez que cada um de nós sabe coisas diferentes e relevantes. Basta passá-los ao papel e divulgá-los na nossa rede de contactos.  
Ficamos aguardando por outros detalhes e novas fotos.
Um forte abraço e muita saúde.
Jorge Araújo.
18Ago2014.


GUINÉ
Jorge Alves Araújo, ex-Furriel Mil. Op. Esp./RANGER, CART 3494
(Xime-Mansambo, 1972/1974)
HISTÓRICO DOS ENCONTROS/CONVÍVIOS DA CART 3494
(XIME-MANSAMBO)
- Do mais recente ao mais antigo – Parte III -  
IINTRODUÇÃO
Nas duas anteriores narrativas sobre este tema, estruturadas por grupos de sete anos [edições], procurámos descrever os antecedentes históricos relacionados com o processo de reorganização das/dos tropas da CART 3494 [BART 3873] no período subsequente à sua chegada a Lisboa, em Abril’1974, depois de concluída a sua missão ultramarina no CTIGuiné [Vd. P207 + P208]. Decorridos doze anos após aquela data [1986], concretizou-se o tão ansiado reencontro, ainda que com reduzida participação, servindo este de recompensa ao esforço despendido pelo grupo de pioneiros que porfiaram por esse momento e que, justamente, outros lhe deram continuidade.
Desde então, cada Encontro Anual dá lugar a uma efeméride que, por sua vez, serve de pretexto para recordar outras efemérides gravadas nos nossos diários como factos mais ou menos relevantes, relembrando e/ou recuperando ocorrências do dia-a-dia de tempos distantes, que não se repetem, e de lugares onde, há mais de quarenta anos, aprendemos a percorrer em comum itinerários impregnados de mistério e incertezas determinados por esse contexto, e que acabaram por fazer parte de uma etapa, bem musculada, dos nossos projectos de vida.
 Recordamos que o 1.º almoço/convívio dos militares ex-combatentes da CART 3494 foi realizado em 14/JUNHO/1986, em Aver-o-Mar [Póvoa de Varzim], e que acabaria por ser o embrião daquele que, desde então, se transformou num hábito ou tradição – o Encontro Anual – a ter lugar em várias localidades do País.
IIOS ENCONTROS MAIS RECENTES
- DO 29.º [2014] AO 17.º [2002]
Os Encontros Anuais já referidos anteriormente, num total de treze, foram os seguintes: «XXIX» [São Pedro de Moel (Marinha Grande), em 7Jun2014]; «XXVIII» [Sobrosa/Paredes (Felgueiras), em 15Jun2013]; «XXVII» [Barreiras (Ponte de Sor), em 9Jun2012]; «XXVI» [Seia, em 11Jun2011]; «XXV» [Lordelo (Guimarães), em 12Jun2010]; «XXIV» [Santa Catarina (Vagos), em 13Jun2009]; «XXIII» [Costa da Caparica (Almada), em 7Jun2008]; «XXII» [Telões (Amarante), em 9Jun2007]; «XXI» [RAP 2 (Vila Nova de Gaia), em 10Jun2006]; «XX» [Pataias (Alcobaça), em 11Jun2005]; «XIX» [Santa Catarina (Vagos), em 5Jun2004]; «XVIII» [Vila Fria (Viana do Castelo), em 7Jun2003] e «XVII» [Miramar (Espinho), em 8Jun2002].
Os organizadores, em processo individual ou em equipa, escolheram locais [Freguesias/Concelhos] de oito Distritos, conforme se indica abaixo.
Em função da opção metodológica seleccionada [das referências mais recentes às mais antigas] esta terceira narrativa iniciar-se-á pelo Encontro de 2001 [16.º] para o mais antigo, que neste caso será o de 1995 [10.º], em conformidade com a sequência apresentada no quadro abaixo.
Este procedimento continuará a ser seguido nos próximos resumos.


IIIHISTÓRICO DOS ENCONTROS (continuação)
- DO 16.º [2001] AO 10.º [1995]

A Comissão Organizadora deste Encontro foi a mesma da edição do ano anterior realizada em 10Jun2000, em Fátima, sendo constituída por um trio de camaradas: o Adelino A. Pereira [ex-1.ºC.; de Joane, Vila Nova de Famalicão], o Lúcio D. Monteiro Silva (Vizela) [ex-1.ºC.; de Moreira de Cónegos, Guimarães] e o Francisco F. Inocêncio (Taipas) [ex-Sold. Cond.; de Briteiros, Guimarães]. Esta reunião teve a particularidade de se ter comemorado uma efeméride – os trinta anos do ingresso na vida militar (1971-2001).
Os organizadores referiram, na sua mensagem expressa no programa, o seguinte:
A organização do XVI convívio da CART 3494 convida todos os colegas e familiares a participar em mais um convívio, que irá ser realizado na Penha, Guimarães, no Restaurante Dan José. A concentração é pelas 10 horas, do dia 9 de Junho, em frente ao Estádio D. Afonso Henriques [inaugurado em 1965], em Guimarães, seguindo a caravana pelas 12 horas em direcção à Penha.
- Foto de Família -
Aguarda-se envio de quem possua uma foto de família deste Encontro, particularmente dos seus organizadores, realizado na sala da imagem supra. 

A Comissão Organizadora deste Encontro foi nomeada em 29Maio1999, em Montargil (Ponte Sor), sendo constituída por três camaradas, a saber: Adelino A. Pereira [ex-1.ºC.; de Joane, Vila Nova de Famalicão], Lúcio D. Monteiro Silva (Vizela) [ex-1.ºC.; de Moreira de Cónegos, Guimarães] e Francisco F. Inocêncio (Taipas) [ex-Sold. Condutor; de Briteiros, Guimarães].
Como data para a sua realização foi escolhido o dia 11 de Junho, domingo.
- Foto de Família -
Não houve reportagem fotográfica, a não ser que alguém o tenha feito de forma individual. Aguarda-se imagem… e algo mais.
A Comissão Organizadora deste Encontro foi nomeada a 30Maio1998, em Buarcos (Figueira da Foz), sendo essa responsabilidade assumida pelo camarada António Espadinha Carda [ex-Fur. Art.; da Ponte de Sor]. Este convívio teve a particularidade de nele se terem comemorado os vinte e cinco anos da nossa chegada à Metrópole [1974-1999].
Como data para a sua realização foi escolhido o dia 29 de Maio, sábado.
- Fotos de Família -




 
 
A Comissão Organizadora deste Encontro foi nomeada a 24Maio1997, no Hotel da Costa da Caparica (Almada), sendo constituída por uma dupla de camaradas, a saber: Carlos S. Simões [ex-1.ºSargento Art.; de Carapinheira, Montemor-o-Velho] e António S. Bonito [ex-Fur. Art.; de Santana, Figueira da Foz].
Para a sua realização foi escolhida a localidade de Buarcos, uma Freguesia do Município da Figueira da Foz, Distrito de Coimbra, e o dia 30 de Maio, sábado, como data do almoço/convívio a ter lugar no Restaurante «O Teimoso», situado a três quilómetros do Cabo Mondego e do seu respectivo Farol [o 2.º], cujas obras decorreram entre 1917 e 1922. Como curiosidade, o 2.º Farol foi automatizado em 1988 com a instalação de um novo sinal sonoro e mecanismos redundantes para a rotação e substituição de lâmpadas. A instalação dos repetidores dos alarmes do equipamento do Farol só viria a ser concretizada em 1995 [faroisdeportugal.com].
Em relação ao Encontro, este teve a particularidade de nele ter sido apresentado um vídeo sobre a Guiné, realizado pelos camaradas Acácio Correia, José Peixoto, Lúcio Silva e Domingos Machado, na sequência da visita que aí fizeram no início desse ano de 1998 [ver foto de família, pois estão devidamente identificados com vestes tradicionais de cor branca].
De regresso ao que foram as suas memórias da guerra ultramarina ocorrida naquele T.O., entre 1972/1974, o documentário permitiu-nos estabelecer contrastes, uma vez que estavam já decorridas duas décadas e meia, com particular incidência na geografia, instalações e equipamento militar fixo das NT, e revisitar locais míticos, de elevado significado individual e/ou colectivo, factos gravados, alguns com sangue, suor e lágrimas, na historiografia do contingente da CART 3494, como são os casos do Xime, Ponta Coli, Rio Geba, Nhabijões, Amedalai, Ponte do Rio Udunduma, Enxalé, Bambadinca, Mansambo, Xitole, Saltinho, Bafatá, Nova Lamego, Bissau, entre outros [Vd. postes referenciados nas diferentes etiquetas deste blogue].

- Foto de Família -
 


A Comissão Organizadora deste Encontro, de um só elemento, foi nomeada a 9Jun1996, em Pinhanços (Seia), cabendo essa responsabilidade ao camarada Jorge A. Araújo [ex-Fur. Op.Esp./Ranger; de Lisboa]. Esta Reunião/Convívio, agendada para o dia 24 de Maio, sábado, teve a particularidade de ser a primeira vez que o colectivo da CART 3494 se deslocou para a zona da Grande Lisboa, da qual faz parte a Cidade de Almada, situada na margem esquerda do Rio Tejo.  
Para a sua realização foi escolhida a localidade de Costa da Caparica, uma Freguesia do Município de Almada, e o local do repasto decorreu no Restaurante Panorâmico [8.º andar], do Hotel da Costa da Caparica, onde foi servido o buffet.
A propósito da divulgação do evento e respectivo convite, foi remetida uma circular a todos os camaradas Fantasmas do Xime, referindo o seguinte:
Caro Amigo,
Longe vão já os anos em que vivemos, por circunstâncias que todos nós conhecemos, cerca de três dezenas de meses da nossa história (cada Ser é uma história) sob o efeito da interacção de um conjunto de factores psicológicos adversos, nomeadamente a angustia, a incerteza e a solidão.
Privados das famílias nucleares e dos amigos, dos hábitos e dos costumes que constituíam a nossa prática social e cultural neste “país à beira-mar plantado” (como nos diz o poeta), rumámos até África (Guiné) onde conhecemos outras coisas, tais como: ‘palhotas’ e ‘tabancas’, ‘beijudas’ e ‘homens grandes’; ‘bolanhas’, ‘macaréus’ e ‘crocodilos’; ‘fulas’, ‘balantas’, ‘manjacos’, ‘papéis’…; tendo saboreado, durante o tempo de estada, a peitoral ‘dobrada à Xime’, ‘estilhaços com arroz e esparguete’, ‘macaco cão’, ‘pelicano’, ‘gazela’ e ‘vaca pranha’, ….
Certamente, mesmo passado este tempo, tudo está ainda gravado na nossa memória, bem como os batimentos cardíacos alterados ao som das inesquecíveis ‘costureirinhas’ e ‘canhoadas’.
A dor moral de então, de um tempo quase infinito, em que cada um soube passar melhor ou pior, deu lugar ao aprofundamento de uma nova relação, tipo familiar, que todos desejam perpetuar. Assim, e porque o Homem é um animal de ritos e celebrações, pois não só gosta de marcar as datas que lhe parecem importantes, como, inclusivamente, não pode deixar de o fazer, tem esta missiva o objectivo de te informar de que sou o responsável pela organização do “CONVÍVIO” deste ano, em XII edição, responsabilidade assumida o ano transacto em Nogueira de Cravo.
O Almoço terá lugar no próximo dia 24MAI1997, no Hotel Costa da Caparica, sito na Costa da Caparica (Almada), como aliás foi já divulgado no cartão de Boas Festas.
A participação é aberta, naturalmente, aos cônjuges e filhos. Oportunamente darei mais informações úteis, entre elas a realização de um concurso que dará direito a um fim-de-semana, para duas pessoas, no sobredito Hotel. Cumprimentos. JA.
- Foto de Família -
A Comissão Organizadora deste Encontro, de um só elemento, foi nomeada a 10Jun1995 no almoço/convívio realizado em Barco do Porto (Viana do Castelo), sendo essa responsabilidade assumida pelo camarada José E. S. Vicente [ex-Sold. Trms; de Nogueira do Cravo, Oliveira do Hospital]. Para a sua realização foi escolhida a localidade de Pinhanços, uma Freguesia do Município de Seia, Distrito da Guarda, e reservado o dia 9 de Junho, domingo, para a confraternização anual. Entretanto, foi escolhido o serviço gastronómico do Restaurante Manjar da Serra da Estrela, sito na mesma localidade.
- Fotos de Família -

A Comissão Organizadora deste Encontro foi nomeada a 10Jun1994, em Pateira de Fermentelos (Águeda), sendo constituída por uma dupla de camaradas: o A. Sousa Castro [ex-1.ºC. Radiotelegrafista; de Viana do Castelo] e o João D. Machado [ex-1.ºC. Cozinheiro; da Póvoa de Varzim].
Para a sua realização foi escolhida a Quinta de São Miguel, sita no Barco do Porto, um lugar da Freguesia de Serreleis, pertença do Município de Viana do Castelo, e o dia 10 de Junho, sábado, como data do 10.º almoço/convívio.
Como curiosidade, a Freguesia de Serreleis ficou na história dos referendos em Portugal, uma vez que foi aí que teve lugar a realização do primeiro para resolver um diferendo entre o executivo da Junta de Freguesia, da época, e o Pároco da Igreja local. O acto decorreu em 25ABR1999, e o referendo tinha por objectivo definir o local da construção de um ringue polidesportivo. Os fundamentos em presença tinham a ver com o seguinte: A Junta queria o equipamento nas traseiras do Salão Paroquial, perto da Igreja, mas o Pároco não concordava, alegando que poderia perturbar o normal funcionamento dos actos de culto. A população afluiu em massa às urnas, tendo votado 726 dos 947 eleitores então inscritos na Freguesia, o que deu uma taxa de abstenção de apenas 23,33%. Por 15 votos de diferença, venceu a tese do Pároco, e o polidesportivo acabou por ser construído a 50 metros do local da discórdia, tendo sido inaugurado a 25ABR2005.
Entretanto, a concentração deste 10.º Encontro anual teve lugar no Mosteiro de Santa Luzia, realizando-se a confraternização no Restaurante-Marisqueira «Barco do Porto», na Quinta de São Miguel, como acima foi referido.
Pela primeira vez na história dos Encontros, a organização tomou a iniciativa de formalizar o convite/programa através de um comunicado, com o seguinte teor:
Vila Fria, 95/04/15.
Chegados ao 10.º convívio da CART 3494, que terá lugar no dia 10 de Junho de 1995, em Viana do Castelo, vimos convidar-te a estar presente juntamente com os teus familiares, para assim podermos, uma vez por ano, conviver, recordar tempos passados e também apreciar como se encontra cada um de nós, depois de ter passado vinte e um anos da nossa chegada.
Não pretendemos ser saudosistas da guerra em que participámos, mas há sempre algo que nos une, laços de amizade que nos obriga a recordar esses tempos, porque, como deves compreender, para além de tudo o que passámos também tivemos momentos de algum prazer. Para aqueles que virão pela primeira vez, dizemos-te que viverão momentos inesquecíveis.
Para os que estiveram presentes no 9.º convívio em Fermentelos, conjuntamente com o BART 3873 (em termos de experiência) ficou decidido que realizaríamos o encontro neste ano (1995) independentes, tal como tem acontecido em anos anteriores. Foi uma experiência que não agradou à maioria da CART 3494. Estamos mesmo convencidos de que houve pessoas da CART 3494 que não se representaram precisamente por ser conjuntamente com o BART 3873.
Devemos dizer também, que isto não nos impede de participar nos encontros organizados pelo Batalhão, se for essa a vontade de cada um. Simplesmente, teremos de lembrar o que foi deliberado pela maioria dos presentes no Encontro de 10 de Junho de 1994; continuar a fazer os convívios separadamente. Essa tese terá/teremos de respeitar.
Apelamos para que não faltes a mais um convívio de fraternidade e amizade. Com elevada estima e consideração, subscrevemo-nos.
- Fotos de Família -






IVHISTÓRICO DOS ENCONTROS/CONVÍVIOS DA CART 3494
- DO 9.º [1994] AO 5.º [1990]
No quadro seguinte identificam-se mais sete Encontros/Convívios organizados cronologicamente entre os anos de 1994 e 1990. Estes, no seu conjunto, correspondem ao conteúdo a abordar em nova narrativa histórica a publicar proximamente – Parte IV – sobre este tema.

Tal como referimos anteriormente, os camaradas que estiveram envolvidos na organização de algum deles, e que tenham fotos ainda não divulgadas neste blogue, façam o favor de as enviar por correio electrónico.
Obrigado pela atenção.
Fico a aguardar as V. notícias.
Um forte abraço e votos de muita saúde.
Jorge Araújo.
18Ago2014.

Sem comentários: