Total visualizações de páginas, desde Maio 2008 (Fonte: Blogger)

Calcule seu Peso Ideal
Sexo: M F
Sua altura: m
Segure seu punho com o indicador e o polegar da outra mão. Seus dedos se tocam?
Não Sim, justos Sim, e sobram

segunda-feira, 20 de março de 2017

P305 - A importância do Xime na estratégia militar

Caros camaradas, reproduzo com a devida vénia, vários comentários de camaradas que passaram pelo Xime a caminho das suas unidades, na zona Leste da Guiné, relacionado com a foto abaixo que publiquei no Facebook na página dos “Antigos Combatentes da Guiné” do aquartelamento onde a CART 3494 estava sediada.
Significativa demonstração da importância desta localidade para a estratégia militar.


Aquartelamento do XIME
Luis Fagundes Esta bem presente na minha memória este lugar ao qual eu chamava Termas do Xime
Jorge Barbosa Vivíamos que nem toupeiras.
Joaquim Vidigal Havia piores eu estive lá várias vezes.
António Gil Percebo cada vez melhor o desprezo a que são votados os intervenientes ....
Orlando Santos O primeiro ataque que a CCS do Bart 2920 sofreu, foi ao atracar a LDG no Xime a caminho de Bafatá.
Sousa de Castro O Xime era uma zona estratégica para toda zona leste da Guiné, por ali passava todos batalhões. Daí o Xime ser muito fustigado.
Mário Andrade Hoje tenho cabelos brancos alguns nasceram no Xime.
António Manuel Gonçalves Quando lá cheguei, nós a desembarcar-mos da L.D.G, foi logo o baptismo dos embrulhanços. Que continuaram todos os dias em Piche até ao dia do regresso 20 de junho /74, mas felizmente estou vivo. Já não posso dizer o mesmo de alguns camaradas que por la ficaram.
Paulo Raposo Passei por lá em 1970 numa LDG para Bissau fim da comissão. Que alegria!
Alberto Gameiro Jorge Andei por aí em 1973 e princípios de 74 com a CCAÇ 21 Africanos. Abç

CCAÇ 21 em Mansambo
Alberto Gameiro Jorge Obrigado por esta Recordação. Nesta operação eu fiquei em Bambadinca o Tenente Jamanca, Comandate da Ccaç 21, disse para eu ficar. E eu fiquei. Abraço

José Fernando Santos Ribeiro Passei por lá em 1970. Desembarquei duma LDG e fui em "picada" até perto de Bambadinca, depois fui para Galomaro (B.Caç.2912/CCS). Em 1972 fiz o caminho inverso. Embarquei numa LDG e a caminho de Bissau….
António Manuel Gonçalves Tenho fotos de alguns momentos mais difíceis, que acho bem não publicar. Todos os camaradas que passaram pelo sector L4 sabem o que se passou por lá. Num belo dia, saímos de Piche para Nova Lamego passados 4 km à saída de Piche, uma bruta emboscada. Resultado! 8 mortos carbonizados dentro da Chaimite, uma R P G 7 com ponta de mercúrio perfurou-a
Antonio Manuel Gonçalves Chaimite e explodiu dentro, lá ficaram os nossos camaradas
Manuel Sousa António Manuel Gonçalves em que ano e mês foi isso?
Sousa de Castro Essa história da Chaimite creio que ocorreu no inicio de 1974 ou final de 73 julgo eu.
Manuel Sousa Se é a que eu penso que é, faz no próximo dia 22 ás 08:30h 43 anos que tal aconteceu

Sousa de Castro Manuel Sousa Creio que é isso mesmo, estávamos (CART 3494) em Bissau, nos adidos, aguardar embarque para o regresso a casa o que aconteceu no dia 03ABR74

1 comentário:

Anónimo disse...

Também fui com a CCaç 21 à mata do Fiófióli.....Saímos do Xime por volta das 23h, atravessar bolanhas e mais bolanhas....Mais duma centena de homens pisavam o "mesmo trilho" quase como se só ali tivéssemos passado um...por causa das minas.....O Pior era sempre, depois de atingirmos o objectivo...era na retirada. Sempre com aquela sensação que o IN nos tivesse visto passar e estive agora emboscado à nossa espera na retirada...

Alberto Gameiro Jorge